Sejam Bem Vindos!


Sejam bem vindos!

Hoje (07.05.2010), eu e minha fisioterapeuta Debora Cervinho,
criamos este blog para que eu possa contar um pouco da minha história,
compartilhar o meu dia a dia e um pouco da minha luta.



quarta-feira, 30 de abril de 2014

Um dia simples!

Essa vida é muito louca...
Uma vida cheia de altos e baixos que nem sempre é fácil de compreender. Vivemos uma correria exigida pelo dia a dia e as vezes nem o porque sabemos. 
Não posso deixar de elogiar esse tempo que está super agradável. Uma tardinha fresca e uma noite mais fria são os ingredientes perfeitos para um dia agradável!
Voltando a vida, a pressa é tão grande que deixamos de reparar as coisas simples. Esquecemos de como é viver sem ter que dar prioridade a correria exigida por essa vida louca. 
Quem nunca pensou em trocar a cidade grande por uma cidade pequena, seja para uma vida melhor, para criar os filhos ou simplesmente voltar ao ritmo normal e de uma vida sem correria. 
O tempo me fez enxergar as coisas de uma forma diferente. Mesmo passando rápido consigo ver tudo que é esquecido por quem está na correria. Acredito que essa parada brusca, as vezes chata mas necessária para eu compreender o quanto é importante darmos valor a essas coisas simples. 
É preciso pensar e lembrar que até o mundo Deus criou em 7 dias.
Desejo um ótimo fim de semana e fiquem com Deus!

quarta-feira, 16 de abril de 2014

O que é ser tetraplégico?!

Lembro do tempo pouco antes de sofrer o acidente. Naquela época eu vivia acelerado. Minha própria vó dizia que parecia que o mundo ia acabar  porque eu não parava, vivia como se fosse o último dia.
Sempre fui e continuo sendo uma pessoa muito ansiosa, mas naquela época eu queria tudo pra ontem. A correria era grande e fazia tudo ao mesmo tempo. Trabalho, me divertia com os amigos...
E de repente veio o acidente. Minha vida mudou da água pro vinho. Fui desacelerando aos poucos, afinal não adiantava mais a minha ansiedade. Fui aprendendo a me manter tranquilo enquanto o tempo lá fora não parava. Ainda é tudo muito difícil! Mas aprendi muita coisa e ao observar as coisas de uma forma diferente.
Depois de oito anos minha vida é completamente diferente. Minha percepção tomou outro rumo, quando converso com meus amigos, quando vejo um programa de TV, até mesmo quando escuto o rádio...
Não sei ao certo o que dizer disso tudo, mas quando olho para trás lembro da minha vida e de como ela poderia ter sido. Lembro das situações muito difíceis que passei para estar vivo... Afinal, para resumir 16 paradas não é pra qualquer um.
Quando penso em tudo é difícil eu conseguir definir o que é ser tetraplégico. A palavra que me vem a cabeça é paciência.
Penso muito na minha vida como se nada tivesse acontecido, como seria?
O que eu estaria fazendo hoje?
Mas também, que se eu não tivesse passado por isso, não teria conhecido pessoas maravilhosas que fazem parte da minha vida. Não teria mudado minha sensibilidade em relação as coisas, não teria amadurecido tão rápido em tão pouco tempo.
É uma vida difícil!
Glória a Deus por eu ter principalmente Jesus fazendo parte da minha vida.

"No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder..." Efésios 6.10

Sempre fui uma pessoa feliz e continuo sendo. Com certeza hoje com meus altos e baixos, mas esperançoso na vida,  porque sem fé não chegaria a lugar nenhum.
Eu não sei o que você está passando hoje, mas Deus sabe, e é a Ele que você deve pedir socorro. Uma coisa eu garanto Ele não te desamparará.

Esse sou eu, a mesma pessoa, mas hoje ao mesmo tempo diferente.
Fiquem com Deus!

terça-feira, 15 de abril de 2014

Tempinho bom!

Esse é o tempinho que eu estava esperando e tomara que ele permaneça bastante tempo. 
É um tempo também que pede que nos arrumemos melhor e que principalmente pede para comermos um pouquinho mais. Uma churrascaria cairia muito bem. 
Por falar nisso, já estou planejando a próxima saída ao Mocellin. 
É isso aí... 
Fiquem com Deus!

terça-feira, 8 de abril de 2014

Uma voltinha...

Até que enfim consegui dar meu passeio. Como de costume fui ao Barra Shopping. Vi as novidades, a moda, pessoas, e tudo de bom!
Me diverti bastante, comi uma bela pizza e tomei um delicioso sorvete. 
Apesar de toda alegria, um passeio assim pra mim ainda é muito cansativo. Chego morto em casa. 
Mas com certeza vale muito a pena. 
E como sempre registrei o momento com algumas fotos para dividir com vocês.



Até aqui me ajudou o Senhor, e por falar nisso...

O Senhor é meu Pastor e nada me faltará!

Fiquem com Deus e uma boa semana!

E de quebra aproveitem minha felicidade...

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Desabafo...

Eu tento me manter firme, mas a verdade é que eu estou de saco cheio dessa situação. Dá pra perceber que minha vida não é fácil. Com certeza sair ajuda, mas não tenho como ter uma rotina de saídas. As lembranças da mesma forma que me fazem melhorar também trazem a tona um momento nostálgico, porque a saudade da minha vida antes do acidente é grande. Fico pensando como seria minha vida se não tivesse acontecido nada, o que eu estaria fazendo hoje, como eu estaria, se eu já estaria casado...
A verdade que nada disso é possível saber. Vou vivendo um dia após o outro, pois como algumas pessoas muitas vezes falam pra mim não tem jeito, a não ser aguentar o peso que foi me dado.
Tenho certeza que mesmo sem esse problema da tetraplegia cada um tem suas angustias. Mesmo que eu ache que ainda sim é mais fácil de lidar, cada um sabe de si mesmo. Lembro de quando eu tinha meus problemas e de quando tinha as opções para lhe dar com eles. Seja correndo, pegando o carro e saindo por aí para aliviar o estresse, a vida parecia mais simples. 
Saudade é a palavra do dia.
Não adianta tentar se colocar no meu lugar, as palavras dão força... mesmo assim as vezes não é o suficiente, infelizmente... falar o que? 
Eu só quero um pouco mais de novidades na minha vida. Apesar das novidades serem passageiras, um pouquinho com certeza elas vão ajudar. 
Peço paz a Deus e força para continuar a batalha, que é como descrevo o meu dia a dia. Agradeço que Deus tem feito por mim. 



"O nosso Deus é o Deus da salvação; e  a Jeová, o Senhor, pertencem as saídas da morte." Salmos 67.20

Até aqui me ajudou o Senhor! 
Fiquem com Deus!

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Cada dia é uma luta!

É pessoal, continuo na ansiedade de passear. Fico pensando em ir para cadeira nem que seja para ir para outros cantos da minha casa. 
Sinto muita falta dos meus passeios. Sempre que saio vou a shopping, mas gostaria de variar. Tenho uma vontade louca de passear na Lagoa, rever o lugar que eu sempre frequentei e que é admirável pela sua beleza. Minha psicologa deu a ideia de irmos em algum barzinho no Leblon. Quem tem alguma ideia por favor sou todo ouvidos. 
Tirando isso ando cansado ou por não ter novidades ou por estar na mesmice. 
Tenho passado dias bons e na maioria das vezes sempre sorrindo, mas a minha vida é uma luta diária. 
Quero me sentir bem, mas a vida as vezes dar rasteiras que não espero. O melhor de tudo é ter um espaço para desabafar e que com certeza transforma. Sinto pelas coisas que ainda não posso fazer, mas mesmo assim agradeço por eu estar bem. 
As pessoas que estão a minha volta não se cansa de me dar força, o que é muito bom para mim. 
Por hoje vou ficando por aqui.
Fiquem com Deus!  

terça-feira, 1 de abril de 2014

E agora?!

A vida é uma brincadeira! As vezes parece que ela zomba da gente...
Situações que passamos e que nos tiram o fôlego. A roda da vida não para de girar e pra mim me sufoca, é como um peixe fora d'água. 
Já estou ficando sufocado por não sair de casa. Meu quarto se torna meu único espaço. Penso que estou cansado.
Gente, essa vida não é mole! Sorrir e brincar as vezes não é o suficiente, preciso de um complemento que nesse caso é sair, ver pessoas, me distrair com outras coisas que não sejam a rotina da casa que eu vejo somente através da porta. 
Minha sorte são meus amigos que ficaram, porque tem outros que se foram... Infelizmente essa é a realidade. Talvez por conta da vida ou porque talvez eu não ofereço nada em troca. 
Essa é a roda da vida... Uma roleta que não tem escolhas para nos firmarmos...
Com certeza, apesar de todos os pesares, o maior estresse é a rotina e a falta de novidade e de sair.



Ainda bem que eu me apego ao maior de todos. E no livro das escrituras diz que o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã... a vida segue. 
Fiquem com Deus!
P.S.: Eu só quero sair!