Sejam Bem Vindos!


Sejam bem vindos!

Hoje (07.05.2010), eu e minha fisioterapeuta Debora Cervinho,
criamos este blog para que eu possa contar um pouco da minha história,
compartilhar o meu dia a dia e um pouco da minha luta.



quinta-feira, 1 de julho de 2010

Noite sem sono...

Durante essa noite, acordei no meio da madrugada sem sono. Lembrei das minhas saidas noturnas.
Quando sofri o acidente, em 15 de janeiro de 2006, estava de ferias no trabalho. Durante as ferias, as vezes eu ja estava dormindo e acordava do nada. Pegava o carro e saia p dar uma volta, quando eu via ja estava na Lagoa... Adorava ir la.
Era epoca de natal. A arvore da Lagoa estava montada. Sentava em um quiosque e ficava contemplando as luzes dos predios, da arvore e as vezes era lua cheia... Muito lindo!
Eu me perguntava o que estava fazendo la sozinho. O relogio marcava 02 da madruga. Os quiosques estavam cheios e eu ficava observando todos rindo, grupos de pessoas e tambem casais e eu sozinho. Acho que as pessoas deviam me achar maluco!
Mas eu gostava muito de ficar ali pensando na vida.
As ferias estavam acabando. Na verdade eu ficava pensando no que aconteceria na minha vida, como as coisas ficariam dali p frente. Parecia que eu sabia que tudo aquilo iria acabar.
Acho que por isso eu acordava e saia. Minhas ferias foram de 20 de dezembro a 20 de janeiro e eu vivi esses dias intensamente. E na maioria dos dias quando nao estava com os meus amigos rindo e conversando ate altas horas, eu pegava o carro e ia p Lagoa sozinho.
Lembro de tudo, como se fosse ontem. Minha cabeca estava cheia de perguntas. As respostas eu nao sabia, mas agora eu sei...
Vou contar uma coisa que eu so contei p minha mae. Desde pequeno quando eu tinha 10/12 anos, eu precentia que alguma coisa muito boa ou muito ruim aconteceria comigo quando eu estivesse com 32/33 anos. E aconteceu o acidente aos 28 anos.Nao sei explicar apenas sentia.
Hoje eu olho p traz e penso pq eu? A resposta tenho certeza q um dia Deus vai me contar.
Claro q eu nao gostaria de estar assim, mas nao me arrependo de nada do que eu fiz.
A sensacao q eu tenho e q deixei algumas dividas com alguns amigos... Como por exemplo, nao posso curtir o meu afilhado. E outra coisa, e q eu tenho uma amiga desde o jardim da infancia, Vanessa , q parece q eu nao fui tao amigo... Ela vem me visitar sempre e eu acho q deixei faltar alguma coisa. Apesar do que eu sinto temos uma amizade muito bonita e ela nunca me cobrou nada. Essa sensacao e coisa minha, que eu sinto qndo olho p traz.
Eu estou muito melancolico... afff...
Estou passando p vcs o que eu senti de noite. Mas nao estou triste, nem p baixo. Estou passando um dia muito bom e divertido. E enquanto dito essa historia eu e Debora rimos muito.
Eu estou dividindo os sentimentos do fundo do meu coracao.
Mudando o astral, vou adiantar uma curiosidade. Acho que segunda feira terei uma boa historia do fds p contar. Sera muito importante p mim. bjos

2 comentários:

  1. Uffa! Esse post foi devorado por mim! Você diz: "Eu estou dividindo os sentimentos do fundo do meu coração". Com um astral muito bom! COmo eu havia dito, acho mesmo que você está escrevendo um livro! Agora vamos esperar um comentário da Vanessa!!! A família está aumentando!!! risos... Boa Noite! Abraços, Cláudio

    ResponderExcluir
  2. Parábens pelo blog entrei por ter visto seu endereço no blog da Flávia Cintra.
    É muito bom ver pessoas como vc que tem o dom da vida. Quando a tantos que não querem viver, viver é um presente lindo que DEUS nos deu e temos que agradecer vivendo feliz !!!
    PARABÉNS estou torcendo por vc !!!!

    ResponderExcluir