Sejam Bem Vindos!


Sejam bem vindos!

Hoje (07.05.2010), eu e minha fisioterapeuta Debora Cervinho,
criamos este blog para que eu possa contar um pouco da minha história,
compartilhar o meu dia a dia e um pouco da minha luta.



terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Lembrança de viagem!

Oi galera,
Não tenho nada para comentar sobre o Oscar, pois eu não assisti. 
Hoje deu saudade de cair na piscina. Alguém comentou que ela está azulzinha. E nesse calor é um chamativo. 
Lembrando de outro assunto, eu gostava muito de viajar com meus amigos. Normalmente era pra casa do   Cassiano e Marcos Paulo em Maricá. 
Todos na flor da juventude sem nenhum adulto para dar ordem, a casa ficava uma bagunça. 
Era churrasco o dia todo. As compras no supermercado eram divertidíssimas... Só besteira no carrinho. rsrsrsrsrsr
Lembro que na cidade tinha um point certo que era a Creperia. Era muita zoação. 
Eram dias divertidos que as vezes resolvíamos em cima da hora, as vezes tarde da noite e partíamos com vontade. 
Fim de semana, feriado, férias, não tinha dia certo. As horas na praia eram muito boas. Sorte que naquela época não havia lei seca. 
Mudando de assunto, esse fds assisti ao filme  "Intocáveis". Um filme francês que conta a historia real de um tetraplégico. Vocês vão gostar, é muito engraçado! E nele toca uma música muito boa.



Uma boa semana e fiquem com Deus!

Um comentário:

  1. Caro Rodrigo, não quero transparecer que estou aqui para criticar, pois nunca comentei em outros post's , mas a frase "Sorte que naquela época não havia lei seca." me incomodou, pois às vezes leio relatos do dia-a-dia de pessoas que sofreram algum tipo de limitação, para saber das suas intimidades, das dificuldades, coisas que muitas vezes não contam aos familiares e ficam mais à vontade compartilhar com pessoas mais distantes. Faço isso para saber como lidar com uma pessoa do meu círculo, já que nem sempre compartilha comigo do seu íntimo.
    Muitas dessas pessoas que sofreram limitações, foram por acidente de trânsito, por causa da ingestão, própria ou de outro, de álcool.
    Então, a lei seca não é algo infeliz, muito pelo contrário, está salvando muitas vidas por causa de atitudes inconsequentes que, tanto você, como eu, já cometemos.
    Hoje, como costumo sair para beber com frequência, só ando de táxi, tanto por causa da lei seca, como pela conscientização que ela me trouxe.
    Sei que sabe disso, mais mesmo assim preferi comentar.
    Em breve retornarei ao teu blog para acompanhar a tua evolução.
    Saúde e sucesso cara. Forte abraço.
    Thiago Campos
    tcsbest@ig.com.br

    ResponderExcluir