Sejam Bem Vindos!


Sejam bem vindos!

Hoje (07.05.2010), eu e minha fisioterapeuta Debora Cervinho,
criamos este blog para que eu possa contar um pouco da minha história,
compartilhar o meu dia a dia e um pouco da minha luta.



quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Como tudo comecou... - Parte 3

Bem, chegamos no dia “D”.

Era aniversario da irmã da Ângela. Tudo estava muito bom! Eu não estava bebendo muito, pois no dia anterior tinha saído com os amigos e estava com aquele gosto amargo do dia seguinte. Se eu estivesse bêbado com certeza não teria sofrido o acidente.

O churrasco mais parecia uma confraternização. Todos os amigos estavam presentes. Já era de tardinha quando resolvi dar um mergulho. A piscina tem um degrau no meio que divide o fundo do raso.



Ao fundo a piscina onde eu bati com a cabeca.
Em cima, a Angela, irma da aniversariante. E embaixo dois grandes amigos
Tasha e Maju.




Quando mergulhei senti a pancada na hora. Continuei acordado boiando de cabeça para baixo. Logo, pensei: Não estou conseguindo botar os pés no chão para me levantar. E, desmaiei.

Sempre fui uma pessoa brincalhona. Meus amigos acharam que eu estava brincando e só perceberam que era serio quando viram o sangue na água.

Daí pra frente só sei o que me contaram, pois só recobrei a memória um mês depois da cirurgia.

continua...

4 comentários:

  1. Na verdade, a Piscina não tem um degrau no meio, o problema foi que você pulou do fundo pro raso e aí bateu com a cabeça no fundo da piscina e o impacto foi maior, por você ter pulado no raso achando que tinha a altura do fundo.

    Eu lembro que nesse dia o Breno passou mal e por isso não vi seu acidente. Eu estava na piscina na hora que você pulou, mas estava socorrendo o Breno. Só soube do seu acidente quando chegamos no hospital pra internar o Breno! E aliás quando ele soube que você também estava lá arrumou um tumulto no hospital, porque queria te ver de qualquer maneira!!! Me lembro de tudo como se fosse hoje!

    ResponderExcluir
  2. NOOSA É INCRIVEL COMO A PERCEPÇÃO DAS COISAS MUDAM A PARTIR DA FORMA DE QUE É VISTO, UMA COISA FOI EU OUVIR ESSA HISTORIA DE VC....
    MAS LENDO COMO TUDO ACONTECEU, NOSSA DA ATÉ UM ARREPIO, PARECE QUE EU ESTAVA LA.... MESMO NAO CONHECENDO VC NESSA EPOCA..

    QUEM VC SE TORNOU DEPOIS DO ACIDENTE, HOJE ME FAZ MTO FELIZ, EU APRENDI A GOSTAR MUIIIITO DE VC E VC NEM FAZ IDEIA !

    MESMO QUANDO VC ME PERTUBA E ENCHE O SACO, EU ADORO VC !

    É MTO BOM VC CONTAR SUA HISTORIA, E BOM PRA QUE TODOS SAIBAM E EVITEM COISAS QUE PARECEM SEM IMPORTANCIA COMO PULAR NA PICINA, MAS QUE PODEM SE TORNAR UM GRANDE PROBLEMA !

    CONTINUE ASSIM, PASSANDO SUUA EXPERIENCIA
    BJSSSSSSS

    ResponderExcluir
  3. Sabe filho, foram momentos terríveis esses...
    Nem sei como consegui passar por eles... Ver você hoje aqui conosco, escrevendo a sua história, sorrindo, alegrando o nosso dia e, principalmente, nos ensinando a viver é um verdadeiro milagre de Deus.
    É incrível como uma tragédia tão grande pode ter um lado tão positivo e proveitoso.
    Quem convive com você certamente há de concordar que você é uma lição de vida.
    Te amo!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Essa história tah dando o que falar!
    Se continuar assim terás que escrever um livro. Fico feliz por vc dividir conosco as suas vivencias!
    Cada dia que passa vc tem se mostrado um homem com grande força de vontade, muito diferente do Rodrigo que conheci há 1 ano (+ou-) atrás. Eh isso msm, completa 1 ANO ano em Outubro que te aturo.
    Passou tão rápido e tantas mudanças aconteceram de lá p cá...
    Continue assim, com paciencia e perseverança para que seus desejos sejam realizados. Conte sempre com Deus, pois Ele eh fiel e justo, nunca desamparando um filho seu. Confie Nele pois em Isaias 59.1 diz:
    "Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem o seu ouvido agravado, para não poder ouvir."
    Um bjo grande

    ResponderExcluir